Contacto | Aviso legal english português magyar České

Mulheres Maquinistas

Igualdade de Género

 

Sumário

A segunda instalação do Museu Ferroviário foi dedicada à igualdade de género. A instalação em si é um filme de cinco minutos de um documentário longo sobre a história de duas maquinistas húngaras.

O tema da instalação faz uma ligação relevante entre o Projeto Museo Mundial e o perfil do Museu Ferroviário Húngaro. Ainda há muito a fazer no sentido da concretização da igualdade de género a nível mundial. Portanto, nosso objetivo é sensibilizar os nossos visitantes sobre o tema e chamar a atenção para este problema nos chamados Países em Desenvolvimento, através deste documentário.

 

Detalhes

 

  • A instalação tem a forma de um aparelho de televisão, colocada no hall do nosso edifício principal, mostrando um documentário. Este documentário com legendas em inglês pode ser visto aqui.
  • A principal razão para escolher este método para introduzir este tema foi que entre os elementos de exposições estáticos e interativos do museu, um filme não tinha sido incluído ainda. Desta forma, foi possível transmitir mais informação num curto espaço de tempo.
  • Enquanto isso, o documentário destaca dois exemplos internacionais onde as mulheres trabalham como maquinistas (Malásia e Dubai).
  • Temos o prazer de apresentar aos nossos visitantes um facto histórico: a abertura em 2012, na Hungria, do concurso de maquinistas às mulheres 
  • O tema do documentário está relacionado com o Objetivo de Desenvolvimento do Milénio (ODM) 3 ("Promover a igualdade de género  e a autonomia das mulheres"). Além disso, consideramos que é muito importante aumentar a conscientização sobre o ODM 2 ("Alcançar o ensino primário universal") para as crianças, especialmente naquelas áreas onde não foi alcançada a igualdade de género.

    Orçamento + recursos

    Orçamento necessário:

    Música para o filme

    16 €

    Produção do filme

    1155 €

    gasóleo

    60 €

    bilhete de comboio

    4 €

    Transcrição e Royalties

    300 €

    Total

    1535 €

    Passo a Passo

    1º Passo

    A escolha do tema e da instalação 

    No caso desta instalação, foi fácil encontrar um tema que se encaixa nos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio e também no perfil do Museu de História Ferroviária. Por isso, decidimos introduzir as mulheres que recentemente passaram no teste de motorista de locomotiva e que foram as primeiras na Hungria a escolher uma carreira que anteriormente era apenas para os homens. A melhor opção foi fazer esta apresentação através de um curto filme. O filme pode ser assistido no lobby do museu.


    2º Passo:

    Contactar com os parceiros

    A formação das mulheres condutoras começou na MAV-Start Zrt. (Caminhos de Ferro Nacionais da Hungria). Depois de os contactar para sabermos mais sobre o processo de formação, falámos com as senhoras que já trabalham como maquinistas a quem pedimos para participar nesta curta-metragem. Desafio que  elas aceitaram.


    3º Passo:

    Planificação

    Planeámos os conteúdos do filme. Além das maquinistas húngaras, desejávamos mencionar outros exemplos positivos em todo o mundo, bem como o facto de que em algumas partes do mundo, as mulheres nem sequer têm a oportunidade de estudar, para não mencionar ter uma carreira em papéis inicialmente pensados para os homens. 

    4º Passo:

    Envolvimento dos cineastas

    Depois de obter as ofertas de preços, encontramos uma equipa cineasta profissional, que iria filmar, editar o filme e fazer os últimos retoques em condições muito acessíveis.

    5º Passo:

    Preparação do guião final

    Em primeiro lugar, editámos o guião. De seguida, recolhemos fotos de arquivo de mulheres africanas e asiáticas e escrevemos o texto da narração.


    6º Passo:

    Definir os dias de filmagem

    Uma das tarefas mais difíceis foi a organização dos dias de filmagem. Uma vez que todos os atores do filme tem um trabalho a tempo inteiro, foi difícil encontrar um dia em que todos estivessem disponíveis para as filmagens

    7º Passo:

    Completar as filmagens e a pós-produção

    Posteriormente aos dias das filmagens, o filme teve que ser editado e melhorado. Além disso foram adicionados a narração e o som, bem como a legenda.


    8º Passo:

    Publicação e implementação no museu

    O filme é continuamente exibido no lobby do museu numa TV com a ajuda de uma unidade USB. Além disso, enviámos o filme para o site do museu e também para o YouTube.

    Avaliação

    Pontos Positivos e Negativos

    Positivos

    • O filme faz com que toda a exposição fique mais diversificada porque ainda não tinhamos utlizado este formato. Este dispositivo ocupa pouco espaço e é colocado num dos pontos mais movimentados do Museu Ferroviário, o salão principal do átrio, onde todos os visitantes podem vê-lo.

    Negativos

    • Foi muito difícil organizar os dias de filmagem, porque aqueles que iria ter um papel no filme trabalham a tempo inteiro  e, além disso, as filmagens implicavam viagens de longa distância.

     

    Lições aprendidas

    Uma vez que não tínhamos nenhuma experiência em cinema, ficamos muito felizes em encontrar um fornecedor de serviços profissional para a execução do filme.

    Comentários d@s visitantes

    Análise em curso

    Links da Internet + outras fontes

    Youtube video da primeira mulher na Ásia condutora de comboios 

    www.youtube.com/watch?v=_gP1u-yNBeM

    Artigo sobre  Mumtaz Kazi, a primeira mulher conduta de comboios na Ásia

    www.twocircles.net/2011may16/mumtaz_kazi_%E2%80%93_asia%E2%80%99s_first_woman_diesel_engine_driver.html#.VdQzEKTtmko

    Este website é cofinanciado pela União Europeia e apoiado pelo Camões - ICL. Os conteúdos deste website são da exclusiva responsabilidade dos parceiros do projeto Museu Mundial e não podem, em caso algum, ser considerado como expressão das posições da União Europeia.


     EU