Contacto | Aviso legal english português magyar České deutsch

Petróleo: "Vendido"

Matérias Primas

 

Sumário

Esta instalação Museo Mundial centra-se em vários tópicos:  fontes limitadas de matérias-primas; pico do petróleo,  um termo que descreve o ponto no tempo, quando o valor de pico da produção de petróleo é atingido; emissões de dióxido de carbono; consequências das alterações climáticas sobre os chamados Países em Desenvolvimento;  fontes alternativas e sustentáveis de energia e também os conflitos de guerra relacionados com petróleo ( Nigéria, Níger, Sudão etc.). De sublinhar que nos últimos dois pontos estamos a referir como o problema da energia fóssil e renovável está a afetar os ricos, bem como os países pobres à volta do mundo.

A instalação foi criada em cooperação com o artista Vladimir Turner. Foi colocado no início de uma exposição sobre tratores e engenharia agrícola no Museu Nacional da Agricultura em Praga.

Detalhes

  • A exposição permanente inclui uma bomba de óleo histórica com um sinal de "vendido" pendurado.
  • A bomba de óleo está rodeada por latas vazias. Estas latas lembram-nos da crise do petróleo nos anos 70.
  • Por detrás da bomba está uma placa com informações, incluindo alguns dados sobre a produção e consumo mundial de petróleo.
  • Esta placa contem  ainda informações sobre possíveis substitutos para o petróleo.
  • Além disso, a instalação inclui um projetor que projeta três mapas animados no chão. Um deles ilustra a extração de petróleo; o segundo mostra os conflitos de guerra em que o petróleo teve um papel determinante , o que inclui a Segunda Guerra Mundial e o terceiro mapa é composto por imagens sobre as longas guerras do petróleo que estão afetam os chamados Países em Desenvolvimento. O projetor é ativado assim que as pessoas se movem na área de esta instalação .
Museo Mundial_CZ_Oil_1
Museo Mundial_CZ_Oil_2

    Orçamento + recursos

    Orçamento necessário:

    Instalação

    1731 €

    Tradução dos textos

    72€

    Total

    1803 €

    Passo a Passo

    1º Passo:

    Discussão do tema

    Sempre considerámos que seria uma mais-valia promover uma instalação sobre o tema  dos combustíveis fósseis e renováveis. Assim, e tendo em conta a nossa cooperação com a ONGD eurosolar.cz ONG, conseguimos debater uma série de ideias sobre o que seria interessante abordar. Simultaneamente entrámos em contato com alguns artistas e discutimos com eles as possibilidades de fazer uma instalação sobre este tema. Recebemos uma série de propostas muito interessantes...

    2º Passo:

    Cooperação com o artista

    Finalmente decidimos cooperar com Vladimir Turner, que é bem conhecido pelas suas criações artísticas audiovisuais  e intervenções no espaço público. Após uma visita ao Museu para conhecer os espaços decidimos promover a instalação numa sala da expoisção permannte onde estavam tratores e uma bomba de óleo histórica. Vladimir Turner projetou uma instalação, que foi baseada na imagem visual da crise do petróleo nos anos 70, nos postos de gasolina vazios e nas bombas sem gás. 

    3º Passo:

    Recolha e análise de informação

    Para ter textos de qualidade e informação exacta é necessário obter informação fidedigna e comparar dados e fontes de informação. Depois de tudo reunido, e após uma análise critica , com o apoio de uma ONGD especialista nestas temáticas elaborámos os textos que queríamos divulgar com a instalação. 

    4º Passo:

    As negociações com o museu

    Seria de esperar que quando solicitamos a um Museu para instalar uma peça na sua colecção permanente , o Diretor levantasse alguma objeção...isso não aconteceu. Depois de compreender o espírito do projeto e a instalação que pretendíamos promover o Diretor revelou que estaria totalmente disponível para nos apoiar neste processo. Por isso na altura de negociar, não se esqueça de ter ideia claras e um discurso acessível, corente e inspirador! 

    5º Passo:

    A preparação técnica da instalação

    Durante a preparação tivemos um imprevisto com a programação tecnica dos conteúdos. Esta situação condicinou a decisão de optarmos por mapas animados com informação. 

    6º Passo:

    Implementação

    Devido à complexidade técnica, a cooperação e a coordenação entre o artista, os técnicos e os funcionários pode ser um desafio...Assegure-se que todos sabem qual o seu papel no processo de elaboração, montagem e acompanhamento da instalação.

    Avaliação

    Pontos Positivos e Negativos

    Positivos

    • A combinação entre artefactos contemporâneos e os itens históricos associados à projeção visual criou uma instalação muito interessante.

    Negativos

    • Fomos tão criativos, que a instalação passou de uma coisa simples...para algo demasiado complexo. Isto não seria assim tão problemático se não tivessemos restrições orçamentais...mas como as restrições foi necessário simplificar o máximo possível a tecnologia associada à instalação.
    • As alterações durante o processo de criação da instalação provocaram atrasos no calendário definido para a implementação da instalação.

    Comentários d@s visitantes:

    • Em análise 

    Links da Internet + outras fontes

    Frauenhofer Institute: 100% energias renováveis para cidades e Nações- Possibilidades técnicas e constrangimentos

    www.klimabuendnis.org/fileadmin/inhalte/dokumente/EUSEW2010_1.IWES_M.Sterner.pdf

    Energy.gov: A história do carro elétrico

    www.energy.gov/articles/history-electric-car

    Wikipedia: Lista de países por emissão de dióxido de carbono:

    www.en.wikipedia.org/wiki/List_of_countries_by_carbon_dioxide_emissions

    Resource crisis blogpost by Ugo Bardi: Recursos minerais e limites do crescimento

    www.cassandralegacy.blogspot.cz/2013/09/mineral-resources-and-limits-to-growth.html

    William R. Cline: Aquecimento global e agricultura

    www.un.org/esa/sustdev/natlinfo/nsds/egm_ClimateChange/cline.pdf

    Este website é cofinanciado pela União Europeia e apoiado pelo Camões - ICL. Os conteúdos deste website são da exclusiva responsabilidade dos parceiros do projeto Museu Mundial e não podem, em caso algum, ser considerado como expressão das posições da União Europeia.


     EU